Tuesday, August 29, 2006

Eu percebo a vida acontecendo no meu corpo, rápida, sem cautela, impiedosa. Agora eu cheguei aos 20. Complexo edipiano e lutos pela infância superados, de repente eu me deparo com a internalização de uma mulher pronta. Um corpo delineado para o proibido, pêlos, dores pouco poéticas, mas intensas e reais, boca escarlate, zonas erógenas, pele pálida, tão pálida que não mente. Eu que nem sabia aonde poderia chegar, veja só, como é barbára e profunda a possibilidade dessa transformação. É como apalpar o chão com os olhos vendados sem saber o que há pela frente. Um abismo ou um jardim? É como surpreender-se.

2 Comments:

Anonymous Carlos said...

é imprevisível, mas é tentador.

6:36 PM  
Anonymous francis said...

seguuura, trem que pula!!!

6:06 PM  

Post a Comment

<< Home